abh

Arthur BigHead

Eu

rembrandt-filosofo-com-o-livro-aberto-musee-du-louvre-1648

Filósofo com o livro aberto (musee du louvre – 1648)  Rembrandt

O som entre duas vogais (“E” + “U”) me faz perceber que sou único, mas ao mesmo tempo este som entre vogais distingue outros “eus” em-si-mesmo, com mais ou menos intensidade de percepção do mundo interior. Alguns portadores, da consciência do som entre estas vogais, desenvolveram nosso “estigma humano”. O pronome pessoal que traduz o ente consciente (EU) é o nome individual dos eus diferentes.

Filosofia:
Durante minha formação, entre 1985 e 1992, tive grande influência da filosofia alemã por meio da obra do Farias Brito, pensador oriundo da Escola do Recife.

Tive também muita influência do antropósofo Thomas Sixel e sua obra a “Fraternidade Norte e Sul” como nova possiblidade de desenvolvimento complementar e construtivo.

Bem como do filósofo/epistemólogo Edson de Melo, com quem aprendi a funcionar como unidade de propósito, resultado da soma autônoma e reorganização interior, sob a forja da Filosofia e do martelo da Música.

Objetivo com a Filosofia (1985/1992)
O domínio da vontade, direcionada como princípio para desenvolver conhecimento.

Desenvolvi estudo sobre problemas relacionados à teoria do conhecimento, e a teoria do valor.

Encontrei elementos destas teorias inseridos na obra do pensador Edson de Melo. Em seu livro Teoria e Prática da Impecabilidade (TPI-1983) o pensador indica que atos, gestos e procedimentos cognitivos, como linguagem e lógica de procedimento, podem ser edificadores de novos padrões ou outras configurações. Com a TPI ele desenvolveu indicadores da arte comportamental como um meio de adquirir conhecimento.

Objetivo com a Epistemologia (inicio em 2008)
O domínio do pensar, direcionado como princípio para desenvolver conhecimento.

Desenvolvo estudos sobre métodos, normativas, validade lógica do conhecimento

O papel do filósofo no inicio no século XXI é desenvolver a velocidade da informação, buscando esclarecer as mentes empáticas que o anacronismo está na base da incapacidade de se doar ao conhecimento.

Entre 2006 e 2008, Edson de Melo apresentou sua própria superação, vi surgir seu novo sistema EPI I, II e III e mais três pesquisas e obras subsequentes resultados. Desde então também dei inicio a outra fase e foco de estudos.

Nova realidade
Trinta anos depois a tecnologia e a ciência da cultura, enquanto lógica, conexão de meios e modos de fazer, tornan-se importante laboratório cognitivo/comportamental.

A pragmática dirigida pelo estudo do atual trabalho do epistemólogo Edson de Melo (EPI BR-I, SER, Teoria do Brasil, Fim do Caos) me faz entender conhecimento como sequência lógica, comprovada na ação, construtiva , utilizada para esclarecer, melhorar a compreensão de si, do mundo e do universo, principalmente na atualidade com a utilização da tecnologia para o aperfeiçoamento na vida cotidiana.

Como pensar o presente, do futuro próximo, na velocidade de transformação que a realidade impõe por meio da ciência e tecnologia?

Esse desafio faz parte do nosso novo mundo, com a vida conectada entre cabos, fios óticos e ondas magnéticas, partilhando comportamentos, ideias, consumindo produtos. Contudo há necessidade de algumas transformações e mudanças, não são construídas sem participação coletiva, a participação de milhões mede-se ainda pela alienação quando valorizam aspetos tolos e sem importância. Soma-se a isso a multiplicação de vozes, por meio de solidarismo, mas escondem embustes sofisticados até mesmo para os participantes mais assíduos.

  Arthur BigHead                                                     _____________ * ______________
                ……………………poiética e sinopse………………. abh (4)

Bacharel e Professor em Filosofia, músico, compositor. Produtor Cultural com experiência nas áreas de Música, Literatura e Pesquisa.

Pesquisa sobre aconselhamento filosófico/epistemológico para profissionais, de diferentes áreas, visando o desenvolvimento do pensamento sistemático e inventivo na solução de problemas.
.
Facilitador do sistema EPI BR (Epistemologia Pragmática Instrumentalista).
Tecnologia Filosófica criada pelo Design Cognitivo, epistemólogo e filósofo, Edson de Melo e seu desdobramento:
1 – (Teoria do Brasil)
2 – (Fim do Caos)
3 – (
Systematic Enlightenment and Recivilization ou “SER”)

projeto gráfico: Alice Santos

Anúncios